Autora de “Harry Potter” é a mulher mais bem paga na Grã-Bretanha

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 30 de dezembro de 2002 as 00:06, por: cdb

O menino feiticeiro Harry Potter ajudou a fazer de sua autora, J.K. Rowling, a mulher mais bem remunerada da Grã-Bretanha, com rendimentos seis vezes superiores aos da rainha Elizabeth II no último ano, de acordo com uma pesquisa publicada pelo jornal londrino Mail on Sunday.

Estima-se que Rowling tenha ganhado 48 milhões de libras (quase 70 milhões de dólares) no ano passado, superando estrelas pop como Madonna e Kylie Minogue – esta última ficou em nono lugar, com oito milhões de libras.

A renda da escritora veio das vendas de seus livros bem como da bilheteria dos filmes baseados na sua obra, segundo a lista anual.

Os rendimentos da rainha foram calculados em torno de 7,7 milhões de libras.

Apenas duas executivas figuravam entre as 10 primeiras na lista, dominadas por cantoras e personalidades de televisão.

A norte-americana Madonna, que foi incluída por morar em Londres com seu marido, o cineasta britânico Guy Ritchie, ficou em segundo lugar, com 27 milhões de libras.

Muito do sucesso financeiro de Madonna deveu-se ao lucrativo acordo assinado com a gigante do software Microsoft, que usou sua música “Ray of Light” para lançar o Windows XP.

A lista das 100 mais do Mail on Sunday leva em consideração apenas o rendimento do ano e não a riqueza acumulada.