Australianos e americanos devem evitar áreas de Jacarta

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 13 de setembro de 2004 as 09:48, por: cdb

Australianos e norte-americanos foram advertidos a evitar um conjunto de apartamentos em Jacarta, onde moram muitos ocidentais, já que os militantes responsáveis pelo ataque a bomba à embaixada australiana devem fazer um segundo ataque, possivelmente contra um “alvo fraco”.

Neste domingo, a Austrália atualizou seu alerta de viagem, aconselhando a Indonésia a incluir um aviso na embaixada norte-americana “para evitar a área de Kuningan, em Jacarta, assim como a área próxima da embaixada australiana e do conjunto (de apartamentos) Rasuna”.

– Continuamos recebendo comunicados que terroristas na região planejam ataques contra uma série de alvos, incluindo lugares frequentados por estrangeiros – informou a notificação de viagem da Austrália.

O delegado da polícia federal australiana, Mick Keelty, disse nesta segunda-feira que os australianos deveriam evitar o conjunto de apartamentos Rasuna porque o grupo Jemaah Islamiah, que liderou o ataque à embaixada australiana, geralmente se foca em alvos mais fáceis após atingir alvos difíceis.