Austrália quer seguranças armados em vôos para Cingapura

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 26 de dezembro de 2003 as 09:42, por: cdb

O governo da Austrália disse que está prestes a colocar seguranças armados em muitos vôos que fazem a ligação entre o país e Cingapura.Os seguranças vão viajar nos vôos da Singapore Airlines e da Qantas que circulam entre os dois países.

Correspondentes dizem que Cingapura é considerado um alvo para um grupo militante islâmico da região, o Jemaah Islamiyah. As autoridades de Cingapura também vão colocar seguranças para tomar conta dos vôos entre os dois países.

Custos

Esse é o primeiro acordo internacional desse tipo assinado pela Austrália. Tanto o governo australiano quanto a companhia aérea Qantas se recusaram a dar detalhes dos custos dessa operação, mas especialistas dizem que a medida vai custar US$ 5 milhões (R$ 14,5 milhões) por ano.

A Austrália já está usando seguranças à paisana em muitos vôos domésticos desde os ataques de 11 de setembro nos Estados Unidos. Oficiais aéreos armados com munição e armas paralisantes já operam em alguns vôos da Singapore Airlines desde que o Parlamento do Estado aprovou uma lei em agosto que permitia a presença de seguranças em viagens da empresa.