Aumentou número de magistrados na Justiça Estadual, Federal e do Trabalho em 2010

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 29 de agosto de 2011 as 10:37, por: cdb

Roberta Lopes
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O número de magistrados que atuam nos tribunais da Justiça Estadual, Federal e do Trabalho aumentou 3,2% em 2010. Segundo dados do relatório Justiça em Números, divulgados hoje (29) pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) o número passou de 16.280 magistrados, em 2009, para 16.804 magistrados e 321.963 servidores, em 2010.

Além disso, o gasto com pessoal aumentou 3% de um ano para outro e alcançou R$ 36,8 bilhões. A maior parcela de gastos (R$ 20,6 bilhões) foi da Justiça Estadual por ter um maior porte.

As despesas também foram maiores do que em 2009, na Justiça Estadual, Federal e do Trabalho. No ano passado, elas somaram R$ 41 bilhões (3,7% maior do que em 2009). Mais uma vez, a Justiça Estadual foi a que apresentou um maior gasto: R$ 23,32 bilhões. Esse número é 7% maior do que o registrado em 2009 e representou 58% das despesas do Judiciário no ano passado.

As receitas alcançaram R$ 17,6 bilhões em 2010. Esse valor refere-se a custas, recolhimento de execuções fiscais e previdenciárias entre outras fontes.

No ano passado, os três ramos da Justiça analisados receberam 24,2 milhões de processos novos, totalizando 84,3 milhões de processos em 2010.

Edição: Talita Cavalcante