Aumenta número de vítimas de abuso sexual em transporte escolar

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 11 de setembro de 2004 as 10:20, por: cdb

Os pais devem estar atentos ao contratar o transporte escolar do filho. É o que alerta a Promotora de Defesa dos Direitos da Mulher do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, Márcia Milhomens. De acordo com ela, aumentou o número de crianças e jovens vítimas de abuso sexual dentro de veículos escolares e piratas na capital do país. Foram 10 denúncias este ano.

Os números, no entanto, podem ser maiores. “É sabido que nos crimes sexuais as estatísticas, as ocorrências policiais não refletem a realidade, justamente em razão da natureza do crime, do sentimento de vergonha que muitas vezes a vítima é tomada, do caráter vexatório que infelizmente ocorre, e as pessoas acabam não denunciando”, disse a promotora.

Para combater o problema, representantes do governo do Distrito Federal e da sociedade civil se reuniram em Brasília para articular ações de combate e fiscalização ao transporte pirata. “Temos duas vertentes: a intensificação da fiscalização e a adoção de medidas de alteração legislativa para que se possa cobrar com mais rigor a capacitação do funcionário responsável pelo transporte”, ressaltou.