Atraso na votação da Lei de Falências reduz pedidos de concordata

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 19 de maio de 2003 as 11:23, por: cdb

A perspectiva de aprovação da nova Lei de Falências está interferindo no planejamento econômico-financeiro e jurídico de muitas empresas. Indicadores mostram que o número de pedidos de concordata caiu de 2001 a 2003. Segundo especialistas, há empresários postergando o pedido de concordata na expectativa de se beneficiar com a chamada recuperação judicial.

Segundo o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo (Sebrae-SP), as pequenas e microempresas não têm fôlego para esse tipo de planejamento.