Ator de Harry Potter nega ser gay

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 3 de março de 2010 as 14:14, por: cdb

O ator britânico Daniel Radcliffe, 20 anos, conhecido por interpretar o menino-mago Harry Potter no cinema, respondeu a rumores sobre sua sexualidade afirmando “não sou gay, sou hetero”.

Em entrevista ao canal americano MTV sobre sua participação em uma campanha da ONG Trevor Project – que ajuda jovens gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros em risco de suicídio – o ator falou sobra a importância de retirar o estigma de jovens que querem assumir sua sexualidade.

A ONG abriu uma linha telefônica que funciona 24 horas por dia para dar apoio a esses jovens.

Radcliffe disse à MTV:

– Se as pessoas quiserem dizer que sou gay, elas podem. Mas não sou. Sou hetero.

Mas ele afirma que cresceu em meio a gays e nunca teve problemas com isso.

– Sempre odiei qualquer pessoa que não seja tolerante com gays, lésbicas ou bissexuais. Agora estou na afortunada posição onde posso ajudar ou fazer algo sobre isso –, disse ele.

O ator comentou, inclusive, que se diverte lendo sobre os rumores de que é gay na internet.

– Minha coisa favorita foi um cara dizendo ‘Claro que ele é gay. Ele tem uma cara gay’, o que achei uma coisa esquisita, de qualquer jeito –, riu ele.

– Uma cara gay? Isso é uma coisa muito preocupante, é como se eles tivessem se sentado em casa colocaram fotos minhas e de outros gays famosos – Elton John, sei lá – comparando os anos. Não tenho certeza. É muito, muito esquisito.

O ator disse à MTV que, mesmo se fosse gay, o fato de interpretar o mais famoso mago das telas não o impediria de revelar sua opção sexual.

– Não acredito que minha posição teria me parado se eu fosse gay –, disse ele.

– Sei que alguns atores não gostam de assumir. Entendo a opção até certo ponto, porque as vezes você vê alguns atores ‘marcados’ depois de assumirem sua sexualidade, o que é triste.

– Mas muitas vezes isso não ocorre. É uma preferência pessoal. Assumir a sexualidade é um momento importante na vida de um homem gay e eu não gostaria de comentar se alguém deveria, ou não, fazer isso –, completou o ator.