Ato ecumênico homenageia mortos na chacina de Vigário Geral

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 29 de agosto de 2003 as 13:36, por: cdb

Um ato ecumênico reuniu cerca de 400 pessoas na favela de Vigário Geral para homenagear as 21 vítimas da chacina, ocorrida há 10 anos. A cerimônia religiosa contou com representantes da organização não-governamental Movimento Viva Rio e Movimento Inter-Religioso (MIR), além de populares.

Foram plantadas 21 mudas de árvores e houve um minuto de silêncio em memória das vítimas. Os moradores foram mortos a tiros por policiais militares, que pretendiam vingar o assassinato de quatro policiais que sofreram emboscadas de traficantes do local na noite anterior. Até agora quatro policiais militares foram condenados pelo crime.