Atletas com deficiência auditiva vão ao PR

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 5 de abril de 2012 as 14:47, por: cdb

Sergio Menezes/SMCS Os vencedores desse campeonato poderão ser futuramente convidados para serem Atletas da CBDS – Confederação Brasileira de Desportos dos SurdosA equipe de futsal do Clube Desportivo Social de Surdos de Rio Preto (C.D.S.S.R.P) irá participar de um campeonato, que acontece no dia 7 de abril, na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná. O time tem o patrocínio da Prefeitura de São José do Rio Preto, por intermédio da Secretaria Municipal de Esporte Lazer (SMEL).

O jogo será destaque entre a comunidade surda de todo o país. A diretora e intérprete do CDSSRP, Walkyria Aparecida de Barros Costa, vai acompanhar o jogo, ela é a única ouvinte da associação. “Os deficientes auditivos lutam por uma aceitação, as outras deficiências são visíveis, já a deficiência auditiva, não. É uma dificuldade que eles vivem,” disse Walkyria.

A equipe já conquistou 26 troféus em diferentes competições, e é composta por 13 atletas, todos deficientes auditivos. O Campeonato conta com a participação de outras 20 associações para surdos, do Brasil e com algumas associações internacionais do Paraguai e Argentina. “Iremos lutar bastante, para conquistar mais uma vitória para Rio Preto” declarou Willian Rodrigo de Paula, 30 anos, técnico do time que é deficiente auditivo desde os dois anos de idade.

No futsal para deficientes auditivos uma das características é a utilização de uma bandeira pelo árbitro para conduzir o jogo. E a arbitragem é toda realizada através de movimentos com a bandeira. “Comecei a treinar, progredir, para mostrar que posso vencer, tenho capacidade e habilidade como pessoas ouvintes.” contou Djalma Aparecido Negro, 24 anos, jogador, que nasceu com deficiência auditiva.

Os vencedores desse campeonato poderão ser futuramente convidados para serem Atletas da CBDS – Confederação Brasileira de Desportos dos Surdos. Os próximos jogos ocorrerão nas cidades: Franca-SP (27/4); Guarapuava-PR (5/5); Araçatuba-SP (19/5); Uberaba-MG (26/5).

A Secretaria de Esportes e Lazer (SMEL) ingressa com incentivo para os atletas, e na locomoção onde ocorrem os campeonatos.

Daniela Carrecelli