Atleta de Indaiatuba é destaque na seleção brasileira de rugby

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 12 de março de 2012 as 08:27, por: cdb
  • Publicação: 12/03/2012 – 11:21h
  • Redatores: Adriana Panzini
  • Release N.º: 480
  • O atleta Rafael Cichon Franz, hoje atuando na seleção brasileira de Rugby, começou sua carreira participando dos programas da Secretaria Municipal de Esportes. Mais um exemplo de indaiatubano que se destaca hoje no cenário esportivo nacional, Rafael conta que sua história com o rugby começou ainda criança e por motivos de saúde. “No começo da adolescência, eu tinha problemas de obesidade e colesterol muito alto. Minha mãe me colocou para jogar basquete nos projetos da Prefeitura, onde meu irmão já jogava. Fiquei por 8 meses e acabei entrando para o time lance de 3, onde fiquei por 2 anos. Mas, aos 14 anos, tomei contato com o rugby, nunca tinha ouvido falar deste esporte, e foi paixão à primeira vista”, conta o atleta. “Comecei jogando no Tornados, com o time adulto, e em 2011 passei para a equipe juvenil da Associação Atlética Rugby Indaiá (AARI), onde permaneço até hoje”.

    Rafael faz questão de ressaltar que, ao contrário do que muitos imaginam, o rugby não é um esporte violento. “Quando jogava basquete, eu era muito agressivo, brigava muito. Dei muito trabalho para a técnica! Mas quando fui para o rugby, isso acabou. Aprendi muitas coisas sobre respeito ao próximo e, mesmo sendo um esporte de contato, existe mais respeito do que em qualquer outro esporte. Esse foi um dos principais motivos da minha identificação com esta modalidade e da minha escolha”, diz.

    O atleta aponta que o apoio da Secretaria de Esportes sempre foi fundamental para o desenvolvimento de sua carreira até chegar o momento especial da convocação para a seleção brasileira, em novembro de 2011. “Temos à disposição toda a estrutura de treinos, com campos excelentes, além do auxílio com viagens e deslocamentos. Com esta ajuda, conseguimos estar entre os melhores. Tenho 16 anos e estou em um time nacional M19, acho que sou o caçula da equipe. Me preparava para isso futuramente, mas não achei que este sonho se realizaria tão cedo”, afirma. O time da AARI em menos de um ano conseguiu ficar em terceiro lugar no Campeonato Paulista M17 no ano passado e atualmente conta com cerca de 50 jogadores entre 13 e 19 anos.

    Para aqueles que estão começando, a dica de Rafael é uma só: muita dedicação! “Para ser um atleta de sucesso, é preciso realmente investir tempo e esforço, ter amor à camisa e buscar sempre a perfeição. Nunca desistir também é uma boa receita. Em setembro de 2010 passei uma fase muito difícil, rompi o ligamento cruzado do joelho, achei que era o fim, sofri muito. Foram oito meses de recuperação após a cirurgia, mas desde o início estava decidido a vencer toda aquela situação. Com a ajuda de Deus e da minha família, estou aqui e o joelho está novinho em folha!”.

    Rafael Cichon Franz participará este ano do Campeonato Paulista pela AARI M18, Campeonato Brasileiro – Cultura Inglesa pela seleção paulista, Sul Americano na Venezuela pela seleção brasileira (CBRu) e Campeonato Valentin Martinez, em local a definir.

    #