Atleta africana entra para a História das Olimpíadas por gesto heróico

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 13 de agosto de 2016 as 19:27, por: cdb

Faltando duas voltas e meia para o fim da prova, a atleta africana Etenesh Diro, de 25 anos, perdeu a sapatilha direita na queda de uma adversária e seguiu adiante

 

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro

 

Em uma cena que já é forte candidata a se tornar a imagem mais emocionante dos Jogos Olímpicos Rio 2016, uma corredora etíope terminou neste sábado uma bateria dos 3.000m com obstáculos descalça e arrancou aplausos do público presente no Engenhão.

A atleta africana Etanesh Diro concluiu a prova sem a sapatilha direita, em gesto heróico em busca da classificação
A atleta africana Etanesh Diro concluiu a prova sem a sapatilha direita, em gesto heróico em busca da classificação

Faltando duas voltas e meia para o fim da prova, Etenesh Diro, de 25 anos, perdeu a sapatilha direita na queda de uma adversária, enquanto estava entre as primeiras colocadas. Após ter tentado calçá-la novamente, percebeu que ficaria para trás e decidiu continuar sem ela.

Dona da quarta melhor marca do ano nos 3.000m, a atleta africana percorreu quase 1 km com um pé descalço, recuperou algumas posições perdidas no incidente e encerrou a prova em sétimo lugar, com 9m34s70. O tempo não seria suficiente para classificá-la à final, mas a organização achou que ela foi prejudicada e a colocou na decisão.

Alguns voluntários ainda ofereceram uma cadeira de rodas para Diro, porém a etíope recusou e saiu andando do Engenhão. Em prantos, mas sob os aplausos da torcida.