Atividade desenvolvida pela Prefeitura será divulgada na Grécia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 14 de março de 2012 as 15:49, por: cdb

As aulas de capoeira dadas a portadores de deficiência intelectual e síndrome de down no Complexo Esportivo e Recreativo Rebouças, na Ponta da Praia, serão divulgadas na Grécia. A experiência desenvolvida no equipamento da prefeitura será apresentada por José Cícero França da Silva, o mestre Cícero, no Encontro Internacional de Capoeira, que será realizado de 4 a 8 de abril em Atenas.

A ideia de trabalhar com alunos especiais surgiu quando um deficiente visual procurou o instrutor interessado em aprender a modalidade. “A partir daí, vi que a capoeira é uma rica ferramenta para ajudar as pessoas”. Hoje, além de aprender o gingado e os golpes típicos, os alunos confeccionam instrumentos, exercitam a coordenação motora e a fala, por meio das músicas que cantam nas aulas.

Se no exterior, a capoeira é vista como algo performático, mestre Cícero pretende “mostrar a importância cultural e social do esporte”.