Atentado é motivo de festa nos territórios árabes ocupados

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 11 de setembro de 2001 as 12:14, por: cdb

O maior ataque terrorista já cometido contra os EUA, somente comparável à queda de Pearl Harbor, que marcaram o ingresso daquele país na Segunda Grande Guerra, foi comemorado com tiros para o alto nos territórios ocupados da Palestina. Segundo informações da agência Reuters, guerrilheiros palestinos se abraçavam, em visível sinal de felicidade, por causa dos atentados nos EUA.

A imagem de Saddam Houssein, no entanto, no momento em que prestava suas condolências ao povo norte-americano e ao presidente George W. Bush mostravam um homem chocado com os rumos dos acontecimento.