Atentado a base italiana mata 25 no Iraque

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 12 de novembro de 2003 as 10:26, por: cdb

Pelo menos 15 italianos e 10 iraquianos morreram na explosão de uma bomba hoje em frente ao quartel-general das forças de ordem italianas em Nassiriya (sul do Iraque). O número de vítimas pode aumentar já que ainda há pessoas presas nos escombros, já que uma parte do edifício desmoronou.

De acordo com a televisão do Qatar Al-Jazira, o ataque foi cometido por um terrorista suicida, que dirigia um carro-bomba. O comandante dos Carabinieri (PM) em Roma, Guido Bellini, afirmou que testemunhas portuguesas viram um caminhão estacionado próximo ao local, antes da explosão.

Há cerca de 2,3 mil soldados italianos no sul do Iraque. Muitos deles estão em Nassiriya, que tem estado relativamente calma desde a guerra liderada pelos EUA no país. Os soldados italianos são parte de uma força multinacional liderada pelos britânicos, que controlam o sul do Iraque.

O prédio atingido era a antiga sede da Câmara de Comércio, nos arredores do rio Eufrates. Alguns imóveis próximos estão em chamas, entre eles o de um depósito de munição, o que ocasionou várias explosões.