Ataque suicida fere 4 soldados americanos em Bagdá

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 10 de abril de 2003 as 13:25, por: cdb

Pelo menos quatro fuzileiros navais norte-americanos ficaram gravemente feridos, na noite desta quinta-feira, em conseqüência de um atentado suicida praticado por um iraquiano em Bagdá.

O homem-bomba, que se parecia com qualquer civil, caminhou até um posto de controle a cargo de fuzileiros navais dos Estados Unidos e detonou os explosivos atados a seu corpo.

O atentado aconteceu no centro da capital iraquiana, perto do Hotel Palestine, que abriga jornalistas estrangeiros e, no começo desta semana, foi alvo de um ataque praticado por um tanque norte-americano.

Após o incidente com o homem-bomba, os fuzileiros navais entraram em estado de alerta máximo em Bagdá.

O correspondente da CNN Walter Rodgers observou que os militares norte-americanos tornaram-se alvos vulneráveis desde que as tropas da coalizão ocuparam Bagdá, pois se deslocam por todos os cantos da cidade.

O jornalista acrescentou que uma nuvem de fumaça negra emergia do local atingido pela explosão.