Ataque contra Iraque acontecerá após votação da ONU, diz jornal londrino

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 2 de março de 2003 as 08:31, por: cdb

Londres – Estados Unidos e Grã-Bretanha se preparam para lançar a guerra contra o Iraque imediatamente após a votação, no Conselho de Segurança da ONU, de uma segunda resolução, seja qual for o resultado desta, escreve o jornal londrino deste domingo Sunday Telegraph.

De acordo com ministros entrevistados pela publicação, o primeiro-ministro britânico, Tony Blair, se prepara para lançar uma ação militar, mesmo que o projeto de resolução apresentado por Washington, Londres e Madri não seja aprovado pela maioria.

“Ganhemos ou não nas Nações Unidas, o Exército iraquiano será mobilizado rapidamente. O que acontecerá quase que de imediato. Não vamos perder tempo”, declarou um ministro, pedindo anonimato.

Outro ministro citado pelo jornal disse que “Será algo imediato. Ocorrerá em duas ou três semanas, no máximo. Estamos vivendo uma falsa paz”.

Para o Sunday Express, os americanos e os britânicos vão dar ordem para o início dos bombardeios daqui a quinze dias, porque neste tempo o Iraque ainda não terá cumprido a obrigação de eliminar suas armas de destruição em massa.

O jornal afirma, no entanto, que Blair está convencido de que a maioria no Conselho de Segurança da ONU apoiará a segunda resolução, e de que os bombardeios começarão logo depois da votação.