Assinatura para projeto reivindicado na 1ª edição do programa é realizada durante assembleia do Governo nos Bairros em Vila Virgínia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 19 de abril de 2012 as 15:04, por: cdb

Ribeirão Preto, 20 de Abril de 2012

Assinatura para projeto reivindicado na 1ª edição do programa é realizada durante assembleia do Governo nos Bairros em Vila Virgínia
A comunidade participou da assinatura para ordem de serviço da implantação de alambrado na rua Albert Einstein e elegeu cinco conselheiros

 

Fotos MateusZF

População da região do Vila Virgínia participou ativamente da 2ª edição do Governo nos Bairros

 
A comunidade do bairro Vila Virgínia foi contemplada na noite desta quarta-feira, 19, com a assinatura de projeto para dar início a implantação do alambrado da rua Albert Einstein, futuro Parque Ecológico da Pedreira, uma das reivindicações dos participantes da 1ª edição do Governo nos Bairros. De acordo com a empresa responsável pela execução do projeto, o serviço terá inicio na próxima semana.

A assembleia, realizada Salão Paroquial da Igreja Santa Maria Goretti, contou com a participação do vice-prefeito, Marinho Sampaio, representantes de bairro, secretários municipais e comunidade local.

Durante a assembleia foram eleitos os cinco conselheiros representantes, Vilma da Silva Sanches, Diego Antonio Rodrigues Naliati, Antonio Fernando Gonçalves Braga, Camila Fernanda Arruda Silva e Luiz Rodrigues de Souza. Eles farão parte da composição do Corpac (Conselho Regional de Participação Comunitária), com o objetivo de representar a população e acompanhar o andamento das ações junto à administração.

 

Diretor do Programa Governo nos Bairros, Luiz Carlos de Souza, explica para a comunidade como participar da eleição do Conselho

 

O programa, que está em sua segunda edição, propôs ao público presente conhecer de perto o novo modelo de gestão adotado pela atual administração. O Governo nos Bairros oferece aos moradores o direito de fazer suas reivindicações, de expor suas necessidades, ideias e prioridades a serem atendidas mediante o gerenciamento dos recursos previstos no orçamento do município. “Hoje trouxemos a prestação de contas à população do bairro Vila Virgínia. É de extrema importância que todos saibam o que a Prefeitura tem feitos nos últimos três anos, inclusive nos bairros em que visitamos. Podemos também escutar a população e trabalhar ainda mais em suas reivindicações”, explicou Sampaio.

Também participaram da assembleia os secretários municipais da Casa Civil, Layr Luchesi Júnior; diretor do Programa Governo nos Bairros, Luiz Carlos de Souza; presidente da Fundação D. Pedro II, Josué Peixoto; chefe da Fiscalização Geral, Oswaldo Braga; superintendente da Guarda Municipal, André Tavares; e os vereadores Nilton Gaiola, Walter Gomes e Capela Novas.

 

Marinho Sampaio destaca ações da administração executadas na cidade, especificamente no bairro e arredores do Vila Virgínia

 

 

Principais ações do atual governo nos bairros da região do bairro Vila Virgínia:

A Prefeitura realizou a urbanização da Favela do Monte Alegre em que 102 famílias do Monte Alegre foram removidas.

– Foram implantados 3 km rede de água, 2,4 km de rede de esgoto, cerca de 2 km de guias e sarjetas, 5 mil m² de asfalto, 6 mil m² de calçadas de concreto, além da abertura de cerca de 10 ruas.

– Na área da Saúde foi reformada e ampliada a UBS Wilma Delphina de Oliveira Garotti. Também foi realizado o projeto de Construção da Unidade de Pronto Atendimento – UPA porte II – Sul. A Unidade de Pronto Atendimento oferecerá atendimento de complexidade intermediária entre as unidades básicas de saúde e a rede hospitalar, fortalecendo a rede de atenção integral às urgências, com o componente pré-hospitalar fixo e também retaguarda ao Samu.

– No esporte, mais 1.900 pessoas estão sendo beneficiadas pelas atividades do Centro de Jornada Ampliada nas modalidades de Futebol de Campo, futsal, dança de rua, Jazz, sapateado, balé, ginástica localizada, taekwondo, Kung-Fú, capoeira, judô, PIC, natação e hidroginástica.

– Foram reformadas e ampliadas 6 unidades de ensino, e para facilitar a vida dos cidadãos do bairro e região, foram implantados abrigos metálicos.

– Também foram substituídas todas lâmpadas à vapor de sódio de 70 Watts para à vapor de sódio 100 Watts, realizados serviços de Tapa-buracos, limpeza e substituição de tampa de boca de lobo e hidrojateamento em galerias de águas pluviais, serviços de varrição, poda e coleta árvore, corte de grama e pintura de guias.

– A Assistência Social atende 281 famílias atendidas pelo programas sociais de proteção básica além de encaminhar pessoas para cursos de qualificação, do Centro de Qualificação Profissional e Social.

– A Prefeitura investiu R$ 107 milhões na maior Obra da História da Cidade de Ribeirão Preto – antienchentes. A obra está sendo realizada em cerca de 2 km de extensão nas avenidas Fábio Barreto, Jerônimo Gonçalves e Álvares de Lima. Bairros que eram prejudicados com as enchentes: Região Central, Campos Elíseos e mais de 30 bairros da região Oeste da Cidade, entre eles: Vila Virginia, Parque Ribeirão Preto, Jardim Marchesi, Jardim Progresso, Jardim Maria Gorete, Jardim Centenário, D’Elboux.

– Foi entregue o Parque Ecológico Maurílio Biagi com internet gratuita, academia ao ar livre, lanchonete, ciclovia, pista de Skate entre outros.

– Em saneamento foi implantado o Poço Tubular Profundo no Jardim Piratininga, construído o poço artesiano D’Elboux e recuperado o reservatório D’Elboux.

– Em relação às reivindicações do programa do Governo nos Bairros de 2011 está em Licitação a Academia ao Ar Livre na Praça Coração de Maria, Academia ao Ar Livre na Praça Amali Macarron Salim e Academia ao Ar Livre na Praça Maria Goret

– Está em fase de analise do projeto executivo a reforma da Praça José Mortari, Praça Amali Macarron Salim / Santa Luzia e reforma da Praça Maria Goret.

 

 

 

 

Rumiko de Freitas, dona de casa acredita ser uma oportunidade de conhecer de perto a administração da cidade “Aqui podemos expor nossas necessidades”, destaca