Assassinos de policial rodoviário são condenados em Passo Fundo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 23 de outubro de 2003 as 03:33, por: cdb

Após 51 horas de julgamento, no Centro de Eventos da Universidade de Passo Fundo (UPF), o Tribunal do Júri da Justiça Federal condenou nesta quarta-feira os três acusados de matar o policial rodoviário federal Zilmar José Mattes, 31 anos, em setembro de 2002.

Patrícia Silveira, 23 anos, recebeu pena de 15 anos de prisão, mas ganhou o direito de recorrer em liberdade depois de ficar cinco meses detida. O namorado dela, Roberto Filipiack de Souza, 26 anos, foi condenado a 16 anos e quatro meses de reclusão, e Adilson Schütz, 27 anos, a 26 anos e sete meses em regime fechado.

O crime ocorreu em posto de gasolina próximo ao município de Tio Hugo, na estrada Lajeado-Carazinho (BR-386), quando policiais rodoviários abordaram o Golf tripulado pelo grupo. Quando os policiais tentaram revistá-los, Adilson sacou um revólver que estava na bolsa de Patrícia e efetuou vários disparos. Um dos tiros acertou Mattes, que morreu cinco dias depois, no hospital.

Adilson Schütz foi condenado a 27 anos de prisão, Roberto Filipiak a 16 e Patrícia a 15. Os réus podem recorrer da decisão do júri.