Arquidiocese de Boston concorda em pagar US$ 85 milhões por abusos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 9 de setembro de 2003 as 16:55, por: cdb

A Arquidiocese de Boston concordou em pagar US$ 85 milhões para encerrar mais de 500 processos judiciais abertos por pessoas que se dizem vítimas de abusos sexuais cometidos por padres católicos, informa um advogado envolvido no caso.

Esta é a maior indenização já paga por uma diocese para pôr fim às acusações de molestamento menores.

O acordo, concluído após meses de negociações, marca um passo importante para acalmar a crise que vem dilacerando a quarta maior arquidiocese católica dos Estados Unidos há quase dois anos.

Sob os termos do pacto, vítimas receberão indenizações de US$ 80.000 a US$ 300.000, diz o advogado Roderick MacLeish Jr., cujo escritório representa cerca de metade dos queixosos.

O valor de cada compensação individual será definido por um mediador com base no tipo de abuso sofrido, sua duração e o ferimento provocado. Pais que alegam que seus filhos foram abusados receberão US$ 20.000.

— O acordo foi assinado. O acordo está feito — disse Marcia Brier, porta-voz da firma de advocacia, a repórteres. O pacto foi fechado um mês depois de a arquidiocese ter proposto uma indenização global de US$ 55 milhões.