Arco Metropolitano do Rio tem dezoito empresas interessadas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 28 de janeiro de 2008 as 10:58, por: cdb

A Secretaria estadual de Obras recebeu, na manhã desta segunda-feira, os documentos referentes às questões jurídicas e financeiras dos 17 consórcios e uma empresa que participam do processo de licitação para a construção do Arco Metropolitano. Serão licitadas as obras para quatro trechos da rodovia que vai facilitar o escoamento de carga para o Porto de Itaguaí e desafogar o trânsito na Avenida Brasil e Ponte Rio-Niterói.

O projeto, que faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) está orçado em R$ 928 milhões. O resultado da análise da documentação será divulgado na tarde desta terça-feira, quando serão analisadas as propostas técnicas das empresas para o projeto.

Já o resultado das propostas técnicas será divulgado na sexta-feira. Como as empresas terão cinco dias para recorrer do resultado da licitação, o resultado final com o nome dos vencedores só será divulgado após o carnaval. Vence as candidatas que apresentarem o melhor preço para a obra.

O trecho do Arco Metropolitano a ser construído pelo Governo do Estado tem cerca de 70 km de extensão e foi dividido em quatro lotes de obra. O primeiro trecho tem 14,5 km, o segundo, 19,6 km, o terceiro lote tem 16,9 km e o último lote é de 19,9 km.
  
O Arco Metropolitano, de 145 km, foi dividido em quatro segmentos. O primeiro pega um trecho de 25 km da BR-493, de Manilha a Santa Guilhermina. Trecho que será duplicado pelo Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (DNIT). O segundo segmento, já pronto, é de responsabilidade da concessionária que administra o trecho entre a BR-116 e a BR-040, em Saracuruna, na Baixada Fluminense.

O terceiro segmento é o que deverá ser construído pelo Governo do Estado e que tem aproximadamente 70 quilômetros, vai de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense ao Porto de Itaguaí. O quarto fica na BR-101 (Rio-Santos) e está sendo duplicado pelo Governo Federal. O trecho vai de Itacuruçá à Avenida Brasil, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio.