Apoteose recebe show de Zeca Pagodinho neste sábado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 25 de setembro de 2009 as 12:29, por: cdb

Zeca Pagodinho lança neste sábado o DVD “Uma prova de amor ao vivo”, no Conexão Samba, que será realizado na Praça da Apoteose, no Centro do Rio. O evento, que começa a partir das 20h reunirá tambémr a banda “Muleke”, que sempre acompanha o artista, Dona Ivone Lara, Dudu Nobre, Jorge Ben e Arlindo Cruz.

Cerca de vinte mil pessoas são esperadas na Apoteose.

A abertura do evento ficará por conta do “Fundo de Quintal” tocando os sucessos dos 30 anos de carreira do grupo. Depois, é a vez de Zeca Pagodinho comandar a festa, para realizar, segundo ele, um tributo ao povo brasileiro, aos mitos, à malandragem e à mulher.

O sambista apresentará além dos clássicos de sua carreira, o repertório de seu novo DVD, com lançamento marcado para outubro.

Das novas, fazem parte do repertório a canção-título “Uma Prova de Amor” (Nelson Rufino/Toninho Geraes, que ganhou o Prêmio da Música Brasileira de melhor música), “Então Leva” (Bira da Vila/Luiz Carlos da Vila), “Ogum” (Claudemir/Marquinhos PQD, sucesso em todas as rodas da cidade), a qual contará com a participação especial de Jorge Ben Jor, “Normas da Casa” (Zé Roberto) e “Eta Povo Pra Lutar” (Brasil/Badú/Magaça/Berrine).

Com Dudu Nobre, Zeca canta “Vou Botar Teu Nome na Macumba” (uma parceria da dupla); com Arlindo Cruz faz um dueto em “O Meu Lugar” (de Arlindo Cruz). Já com Dona Ivone Lara, o sambista toca “Dizer Não pro Adeus” (composição da própria com Luiz Carlos da Vila e Bruno Castro).

Com direção musical de Paulão 7 Cordas e arranjos de metais de Eduardo Neves, o show também resgata sucessos como “Lama nas Ruas” (Almir Guineto/Zeca Pagodinho), “Não Sou Mais Disso” (Zeca Pagodinho/Jorge Aragão), “Patota de Cosme” (Nilson Santos/Carlos Sena), entre outras surpresas.

Trânsito – A Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) montou um esquema especial de tráfego e estacionamentos. A pista lateral da Avenida Presidente Vargas será fechada, no sentido Centro, entre a agulha depois da Rua Carmo Neto e a agulha antes da Rua de Santana, das 16h até o final do espetáculo. Esse trecho será utilizado como área de estacionamento de veículos, em ambos os lados.

Nesse mesmo horário, serão interditadas ainda mais três vias: a Av. Salvador de Sá, entre a Rua Frei Caneca na altura do 1° BPM e a Rua Marquês de Sapucaí; a pista na alça de acesso da Av. 31 de Março à Av. Salvador de Sá; e a Rua Marquês de Sapucaí, entre as avenidas Presidente Vargas e Salvador de Sá.

Já a partir das 17h e até o encerramento do evento, a interdição será na Rua Benedito Hipólito, entre as ruas Carmo Neto Marquês de Sapucaí; na Rua Afonso Cavalcanti, entre as ruas Amoroso Lima e Carmo Neto; e em toda a extensão da Rua Comandante Maurity. Apenas veículos de socorro e usados em emergências têm trânsito livre.

Estacionamentos – A proibição de estacionamento começa bem cedo, às 6h da manhã, e vai até o encerramento dos shows, em seis vias próximas: na Rua Amoroso Lima, entre a Rua Afonso Cavalcanti e a Av. Presidente Vargas; nas ruas Carmo Neto, Heitor Carrilho e Marquês de Sapucaí; na Rua Frei Caneca, entre a Rua Heitor Carrilho e o Túnel Martin de Sá; e no trecho da Av. Presidente Vargas entre as ruas Amoroso Lima e Carmo Nerto, na pista lateral no sentido Centro.

Entretanto, a partir das 15h de sábado, três ruas próximas terão vagas do sistema Rio Rotativo – Período Único: a Rua Benedito Hipólito, no lado esquerdo, entre as ruas Marquês de Sapucaí e Marquês de Pombal; a Rua de Santana, no lado esquerdo, da Rua Frei Caneca até a Rua Prof. Clementino Fraga; e a Rua Pereira Franco, no lado direito, desde a Av. Presidente Vargas até a Praça Noronha Santos.