Aposentado é preso após confessar o assassinato de companheira

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 1 de setembro de 2004 as 10:55, por: cdb

O aposentado Orlando Fraga, de 69 anos, foi preso nesta terça-feira a noite após confessar o assassinato de sua companheira, a dona-de-casa Maria Teresa Cândida, de 59 anos, que foi atingida por várias facadas. O crime aconteceu em Higienopolis, Zona Norte, onde o casal morava. Orlando usou uma faca de cozinha e disse que matou para se defender, mas, caso seja condenado, deverá ficar pelo menos 10 anos preso.

O aposentado confessou o crime e disse que vivia muito bem com Maria Teresa, mas há dois anos o relacionamento se complicou e ela começou a bater nele, usando panelas e outros objetos. Segundo Orlando, um dos motivos dos desentendimentos entre o casal seria a dificuldade dele em andar. Ele usa muletas e por causa disso teria passado procuração para a mulher retirar seu dinheiro no banco. Se aproveitando disso, Maria Teresa passou a ficar com todo o dinheiro do companheiro.

Na noite de terça-feira, o casal voltou a discutir. Maria Teresa, conforme ainda o acusado, o agrediu à paneladas e vassouradas e ele, cansado de apanhar, foi até a cozinha, pegou a faca e desferiu vários golpes na companheira, que foi machucada no ombro e outras partes do corpo. Uma ambulância do Corpo de Bombeiros foi chamada, mas a mulher morreu no local.