Após incêndio em subestação, Reduc retoma operações

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 2 de março de 2010 as 11:45, por: cdb

As operações na Refinaria Duque de Caxias (Reduc) estão sendo retomadas aos poucos desde a noite desta segunda-feira, após o incêndio ocorrido no último domingo na casa de força principal numa subestação da unidade.

A Petrobras informou que os procedimentos serão restabelecidos gradativamente e que as atividades devem estar normalizadas no prazo de dez dias. Para o Sindicato dos Petroleiros de Duque de Caxias (Sindipetro-Caxias), no entanto, a operação da refinaria deve ser totalmente retomada em dois meses.

A Reduc tem capacidade de produzir por dia 242 mil barris de derivados, como gasolina, óleo diesel e querosene de aviação, entre outros. A companhia comunicou que há estoque disponível dos principais produtos para atendimento ao mercado.

Em nota divulgada nesta terça-feira, a estatal informa que a Estação de Tratamento de Águas já opera normalmente e que foi priorizado o retorno da casa de força, bem como a interligação com a Usina Termelétrica Governador Leonel Brizola (antiga Termorio), para o recebimento de vapor e energia elétrica.

Os trabalhadores do setor administrativo, que ontem tinham sido dispensados, voltaram ao trabalho.

Luis Alberto Ferreira, um dos coordenadores do Sindipetro-Caxias, lembrou que no final de 2009 também ocorreu um acidente na Reduc.

– A gente avalia que o que está acontecendo é fruto da falta de manutenção dos equipamentos, um problema de gestão da refinaria, que implica a segurança dos trabalhadores –, afirmou Ferreira.