Anvisa recomenda atenção redobrada a pacientes que usaram Vioxx

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 6 de outubro de 2004 as 20:51, por: cdb

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a todos os hospitais e médicos que compõem a rede de observação dos efeitos colaterais de medicamentos que redobrem a atenção aos pacientes que usaram o antiinflamatório Vioxx e similares no país. O medicamento foi retirado do mercado mundial na semana passada depois que o laboratório responsável advertiu que apresenta risco para o coração.

Uma pesquisa divulgada pela Administração de Fármacos e Alimentos dos Estados Unidos (FDA, em inglês) teria revelado que 27 mil americanos morreram de ataque cardíaco, em decorrência do uso do medicamento. O ministro da Saúde, Humberto Costa, disse que o Brasil vai buscar informações detalhadas sobre o estudo para fazer uma avaliação no país.

– O que nós vamos fazer a partir de agora é nos inteirarmos desses estudos que foram feitos nos Estados Unidos. E poderemos, a partir da identificação de alguns pacientes que usaram esse medicamento e que possam ter vindo a óbito, identificar se em alguns desses casos houve uma associação direta ou não – informou o ministro.