Annan se diz profundamente preocupado com situação na Síria

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 10 de março de 2012 as 13:17, por: cdb

Renata Giraldi*
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O enviado da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Liga Árabe à Síria, Kofi Annan, manifestou hoje (10) “profunda preocupação” durante a conversa com o presidente da Síria,  Bashar Al Assad, pela onda de violência que toma conta do país há um ano. Ambos se reuniram para discutir alternativas para encerrar o fim da repressão e da violência na região.

Em comunicado emitido pela ONU, Annan descreveu a conversa com Assad como “franca e abrangente.” Ambos se reunirão amanhã (11) mais uma vez, antes de Annan seguir para Doha, no Catar. Annan também conversou hoje com líderes da oposição e ativistas jovens, além de empresários sírios.

No começo desta semana, o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (Acnur) informou que cerca de 2 mil refugiados da Síria deixaram o país rumo ao Líbano em apenas dois dias. A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou estar preocupada com as vítimas da violência, que sofrem pelas dificuldades de assistência humanitária na região.

Em um ano de conflitos, cerca de 8 mil pessoas foram mortas, de acordo com dados da organização não governamental Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

*Com informações da agência de notícias da ONU e da pública de Portugal, Lusa//Edição: Graça Adjuto