Aníbal Diniz lamenta enchentes no Acre 

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 28 de fevereiro de 2012 as 16:29, por: cdb

Em discurso nesta terça-feira (28), o senador Aníbal Diniz (PT-AC) lamentou as enchentes que vêm atingindo o estado do Acre. O senador disse que a capital, Rio Branco, e cidades como Brasiléia e Epitaciolândia têm enfrentado muitos problemas com a cheia do Rio Acre, que está 17,64 metros acima do nível normal.

O parlamentar informou que mais de 133 mil pessoas já foram atingidas pela cheia no estado. Só em Rio Branco, 101 mil pessoas estão sofrendo as consequências das enchentes. O senador lembrou que as dificuldades de uma enchente não terminam quando as águas baixam, uma vez que aí começam as mobilizações para desinfecção e reconstrução de obras públicas e de moradias.

– O período da vazante é um tempo de extrema periculosidade e exige atenção especial – disse.

Aníbal Diniz informou ter participado, mais cedo, de uma reunião da bancada federal do Acre, que reuniu os oito deputados federais e os três senadores do estado. O senador disse que todos estavam unidos na preocupação de encontrar uma solução para os problemas causados pelas cheias no estado, buscando ajuda do governo federal.

O senador informou que a bancada vai buscar o repasse imediato, pelo governo federal, dos R$ 12,6 milhões pedidos pelo governador do Acre, Tião Viana, e dos R$ 9 milhões pedidos pela Prefeitura de Rio Branco para o atendimento emergencial às vítimas, além de articular a liberação e o direcionamento dos recursos das emendas dos parlamentares do estado para as cidades atingidas. Segundo o senador, a bancada também está tentando uma reunião com a ministra da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti.

– Diante de uma situação de calamidade nunca antes vista, o estado precisa de uma atenção especial da presidente Dilma Rousseff e dos ministros de estado – afirmou.

Da Redação / Agência Senado