Aneel aprova reajustes para consumidores do Paraná e do Rio Grande do Sul

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 21 de junho de 2011 as 12:33, por: cdb

Sabrina Craide
Repórter da Agência Brasil

Brasília – As 3,7 milhões de unidades consumidores do Paraná atendidas pela concessionária Copel vão pagar mais caro pela energia elétrica a partir da próxima sexta-feira (24). A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje (21) um reajuste de 3,16% para consumidores residenciais e de 2,77% para as indústrias. A Copel atende 393 municípios paranaenses.

Também passam a vigorar na próxima sexta-feira as novas tarifas para os consumidores do município de Campo Largo (PR). A Companhia Campolarguense de Energia (Cocel), que atende 40.713 unidades consumidoras, teve aprovado um reajuste de 2,78% para as residências e de 1,89% para as indústrias.

A concessionária Companhia Força e Luz do Oeste (CFLO), com sede na cidade de Guarapuava (PR), teve a tarifa reajustada pela (Aneel) em 3,18% para consumidores residenciais e 2,22% para indústrias, que vale a partir do dia 29 de junho. A empresa atende 49,7 mil unidades consumidoras.

A Aneel também aprovou hoje o reajuste de três concessionárias que atendem o interior do Rio Grande do Sul. O aumento passa a valer a partir do dia 29 de junho. A Mux Energia, que atende 9,1 mil unidades consumidoras nos municípios de Tapejara e Ibiaçá, teve reajuste de 6,46% para as residências e de 6,04% para as indústrias.

A Eletrocar, que presta serviço para 33 mil unidades em Carazinho, Coqueiros do Sul, Chapada, Santo Antônio do Planalto, Colorado e Selbach, teve aumento de 4,99% para consumidores residenciais e de 3,52% para os consumidores residenciais. Os consumidores residenciais atendidos pela Hidropan vão pagar 7,63% a mais pela energia e o aumento para as indústrias atendidas pela empresa será de 7,68%. A Hidropan atende 15,5 mil unidades consumidoras nos municípios de Panambi e Condor.

Edição: João Carlos Rodrigues