Analistas de mercado prevêem mais crescimento para o país neste ano

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 13 de outubro de 2009 as 11:01, por: cdb

Analistas de mercado elevaram, pela segunda semana seguida, a previsão para o crescimento econômico brasileiro neste ano e voltou a reduzir o prognóstico para a inflação. Para 2010, a principal mudança no cenário ficou com a Selic em dois dígitos, em meio a uma forte expansão, segundo relatório Focus divulgado nesta terça-feira. A previsão para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2009 foi revista de alta de 0,01% na semana anterior para expansão de 0,10%. O prognóstico para 2010 foi elevado para crescimento de 4,80%, ante alta de 4,50% na semana anterior.

Para a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste ano, o mercado prevê taxa de 4,29%, ante 4,31% na semana anterior. O prognóstico para a inflação no ano que vem permaneceu em 4,40%. Os dois números do IPCA estão abaixo do centro da meta do governo, de 4,50%. A estimativa para a taxa Selic no fim deste ano permaneceu em 8,75%. Para o fim 2010, foi elevada de 9,75% para 10,25%.

Para a taxa de câmbio no fim de 2009, a previsão passou para R$ 1,76, ante R$ 1,80 na semana anterior, enquanto para 2010 o cenário continuou apontando R$ 1,80.