Ana Amélia registra realização da Expointer, no Rio Grande do Sul 

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 29 de agosto de 2011 as 13:31, por: cdb

A senadora Ana Amélia (PP-RS), em discurso nesta segunda-feira (29), registrou a realização da 34ª exposição internacional de animais, máquinas e implementos agrícolas, em Esteio (RS). Ela disse que o evento evidencia o potencial da produção agropecuária no Rio Grande do Sul, no Brasil e até no Mercosul.

– Ali estão também representantes dos países vizinhos e até europeus, o que dá à Expointer um caráter de vitrine do que temos de avanço na genética, na biotecnologia, na produção agropecuária e na tecnologia do setor de máquinas e implementos agrícolas – declarou.

A feira, afirmou a senadora, evidencia os avanços tecnológicos que permitirão à agricultura aumentar a produtividade sem devastar o meio ambiente. Ana Amélia salientou que a sobrevivência dos seres humanos depende fundamentalmente dessa atividade, que é cercada de ameaças e, por isso, necessita de ampla proteção social para garantir o abastecimento alimentar da população de todo o mundo.

Ana Amélia disse que o projeto do novo Código Florestal (PLC 30/2011), em discussão no Senado, precisa equacionar produção e preservação. O produtor, além de conviver com as incertezas da legislação, que pode transformar a qualquer momento a produção de alimentos numa atividade ilegal, ainda enfrenta as incertezas do tempo, a volatilidade dos preços dos alimentos, a dificuldade para a obtenção de financiamento para a produção, os problemas logísticos e a concorrência muitas vezes predatória dos países ricos, protecionistas.

– Se o Brasil realmente quiser consolidar-se na liderança mundial da produção de alimentos e proteção ao meio ambiente, devemos ampliar a segurança jurídica dos produtores brasileiros para que permaneçam – e eles querem – na legalidade – disse.

Ana Amélia informou que será realizada audiência pública pela Comissão de Meio Ambiente (CMA) para discutir o projeto do novo Código Florestal, durante a realização da feira. A audiência será transmitida pela TV Senado.

Da Redação / Agência Senado