Ameaça de traficantes faz colégio suspender aulas no Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 9 de maio de 2003 as 00:44, por: cdb

Uma ameaça anônima levou o Colégio Andrews, em Botafogo, na zona sul do Rio, a anunciar que não funcionará nesta sexta-feira. A direção do colégio, uma das mais tradicionais instituições de ensino do Rio, comunicou o fato à polícia, que prometeu providências, e informou os pais de alunos da decisão por meio de uma circular.

De acordo com o documento, o colégio recebeu um “telefonema anônimo ameaçador”, por volta das 14h30 desta quinta, exigindo que a escola suspendesse suas atividades nesta sexta-feira.

“Tendo em vista as últimas ocorrências policiais na cidade, a direção considerou seu dever informar os pais”, diz o texto.

Intimidações desse tipo, feitas pelo tráfico de drogas, tornaram-se comuns no Rio. Há dois meses, a Universidade Estácio de Sá, que teve uma aluna gravemente ferida à bala na segunda-feira, no campus do Rio Comprido, na zona norte da cidade, também havia recebido ameaça.