Ambulante acusado de vender aparelhos de CD roubados é preso em BH

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 15 de setembro de 2003 as 01:47, por: cdb

O ambulante Camilo Leandro da Silva, acusado de vender aparelhos de CD para carro que seriam roubados, foi preso no último domingo à tarde pela PM, no Centro de Belo Horizonte.
 
Policiais da 6ª Companhia da Polícia Militar o abordaram na Rua Caetés, esquina de Rio de Janeiro, de onde tentou fugir, sendo preso em um bar.

De acordo com a PM, com Camilo Leandro da Silva foram encontradas três frentes de aparelhos de CD. Uma chave do guarda-volumes da rodoviária de BH descoberta no bolso da jaqueta de Camilo Leandro levou os policiais ao produto.
 
No malex de número 47, conforme a PM, foram encontrados sete aparelhos de CD e quatro frentes desse equipamento. A polícia suspeita que ele usava o guarda-volumes para esconder o material furtado.

Camilo Leandro teria confessado aos policiais militares que vendia os aparelhos roubados em uma banca que fica na Praça 7, na Rua Carijós.
 
Na Seccional Centro, local para onde foi levado pela PM, Camilo Leandro não foi autuado em flagrante. O delegado Paulo Roberto Alves, responsável pelo plantão, disse que as vítimas não o reconheceram como autor do roubo à mão armada de seus equipamentos.

Além disso, o delegado disse que Camilo Leandro alegou que comprou os equipamentos de um outro homem, cujo nome não foi revelado, e que não sabia que eram roubados. Mesmo assim, responderá a um inquérito por estar vendendo produtos roubados.