Amazônia recebe centro de biotecnologia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 15 de dezembro de 2002 as 23:53, por: cdb

O Centro de Biotecnologia da Amazônia será inaugurado nesta terça-feira em Manaus. O centro irá comandar uma rede nacional de laboratórios e de grupos de pesquisadores que vão se dedicar a pesquisas sobre a biodiversidade amazônica, atuando nos mais diversos campos da biotecnologia.

Os ministros do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Sérgio Amaral, e da Ciência e Tecnologia, Ronaldo Sardenberg, vão comentar amanhã em coletiva à imprensa as funções do centro.

O centro foi feito em uma iniciativa conjunta da comunidade científica, do setor privado e dos governos federal e estaduais da região amazônica. Serão feitas pesquisas para a produção de produtos farmacêuticos, cosméticos, corantes naturais, aromatizantes, óleos essenciais, bioinseticidas e enzimas de interesse biotecnológico.

O centro foi construído com recursos da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) e dos ministérios do Desenvolvimento, da Ciência e Tecnologia e do Meio Ambiente. O governo do Amazonas também participou do projeto. No total, já foram investidos R$ 14 milhões na construção do centro.

Além da construção dos laboratórios de pesquisa, a Suframa está aplicando R$ 5,9 milhões na formação de capital intelectual local, com o apoio de várias instituições de pesquisa e ensino federais.

No orçamento do próximo ano, a Suframa vai destinar mais R$ 8,6 milhões, que serão somados aos R$ 9 milhões do Ministério de Ciência e Tecnologia, para garantir a estruturação da primeira etapa do CBA.