Alencar deve intermediar negociações com índios

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 5 de dezembro de 2003 as 11:00, por: cdb

O presidente em exercício, José Alencar, irá intermediar as negociações com os índios xavantes para evitar o agravamento da crise em Alto Boa Vista, no Mato Grosso. Um grupo de cerca de 600 índios exige a liberação das terras demarcadas em favor da tribo e que hoje estão ocupadas por posseiros. Os xavantes ameaçam partir para o confronto se a situação não for resolvida.

Em uma reunião com os ministros da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, e do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, o presidente em exercício decidiu participar pessoalmente das negociações. José Alencar, Bastos e Rosseto irão para Alto Boa Vista na próxima segunda (08) ou terça-feira (09), onde terão reuniões com os líderes indígenas e autoridades locais.

Cerca de mil famílias ocupam as terras demarcadas pela Fundação Nacional do Índio e com posse registrada em favor dos xavantes. Uma liminar do desembargador Fagundes de Deus, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, impede o acesso dos indígenas à área e garante o direito dos posseiros. Os xavantes querem a derrubada da liminar e sugerem que outra área seja destinada aos posseiros.

A reserva indígena tem 168 mil hectares e fica a cerca de mil quilômetros ao sul de Cuiabá. O processo de demarcação vem desde 1995 e em 2000 os posseiros tomaram conta da área.