Alemanha quer breve retorno dos refugiados de guerra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 21 de novembro de 2003 as 17:48, por: cdb

O ministro Otto Schily e os secretários do Interior querem mandar de volta a seus países, se possível dentro em breve, os refugiados das guerras no Afeganistão e Iraque que se encontram na Alemanha. A acolhida de pessoas de regiões de guerra seria apenas uma proteção temporária, até que seja superada a situação de crise, disse o ministro do Interior Schily, após uma reunião em Jena.

Até os primeiros meses de 2004 não haverá repatriações, mas a partir de então ela deverá ser iniciada. Fritz Behrens, secretário da Renânia do Norte-Vestfália advertiu para um retorno precoce, diante da insegurança nesses países. Na quinta-feira, centenas de pessoas protestaram, em Jena, contra o retorno forçado de fugitivos de guerra.