Alemanha estica horário de lojas para estimular economia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 11 de abril de 2003 as 11:00, por: cdb

O governo alemão conseguiu vencer nessa sexta-feira o último obstáculo para derrubar as rígidas regras sobre horário de funcionamento do comércio aos sábados. A Câmara Alta do Parlamento endossou a ampliação do funcionamento das lojas em quatro horas, considerada uma medida importante para ajudar na revitalização da estagnada economia alemã. A partir de 1º de junho, as lojas na Alemanha ficarão abertas até às 20 horas aos sábados, ao invés de fecharem às 16h. Apesar do horário, várias redes de lojas de departamentos operavam até mais tarde para atenderem aos consumidores que continuavam dentro da loja mesmo após o fechamento das portas.

Alguns estados administrados por opositores ao governo criticaram a lei e tentaram passar uma proposta que permitiria que cada um deles fixasse o horário de funcionamento do comércio local, mas não obtiveram maioria para aprovar a idéia.

Os defensores da ampliação do horário afirmam que a medida reflete as mudanças no estilo de vida dos alemães e revigorará os centros comerciais aos mantê-los ativos até o início da noite de sábado. No entanto, grande parte do comércio continuará fechado nos domingos.

O chanceler alemão Gerhard Schröder propôs a mudança no horário de funcionamento no ano passado, enfrentando objeções das centrais sindicais trabalhistas que apóiam o seu partido. Os sindicalistas argumentavam que os funcionários das lojas não teriam tempo para desfrutar da companhia de sua família.