Agentes especiais da PF só entram em ação na semana que vem

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 20 de maio de 2003 as 21:57, por: cdb

O grupo de elite da Polícia Federal, formado por agentes de vários Estados, começa a atuar, a partir da próxima semana, no combate ao crime organizado no Rio de Janeiro. O grupo será chefiado pelo delegado Luís Fernando Corrêa, especialista em atividades de inteligência, que vinha exercendo a função de delegado regional da polícia judiciária no Distrito Federal.

Segundo a assessoria de imprensa da PF, o grupo é formado por cerca de 40 policiais e ficará instalado na Superintendência da Polícia Federal, na Praça Mauá. Os policiais terão equipamentos de última geração. O trabalho do delegado Luís Fernando Corrêa será coordenado pelo superintendente da PF, delegado Roberto Precioso, e em total integração com a Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro.

De acordo com a assessoria de imprensa, o grupo de elite realizará ações pontuais de inteligência e, se necessário, participará de “operações cirúrgicas”, junto com a polícia fluminense, nos redutos dos traficantes. O grupo de elite vai permanecer no estado por tempo indefinido e dará ênfase ao trabalho de inteligência, principalmente na repressão ao contrabando de armas e ao tráfico de drogas.