Africanos são atirados ao mar em Pernambuco

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 13 de novembro de 2003 as 18:22, por: cdb

Um pescador resgatou nesta quarta-feira (12) seis jovens africanos que viajavam de forma clandestina em um navio cargueiro e foram atirados ao mar, no litoral de Pernambuco. Outros dois africanos nadaram até a praia do Pina e também se salvaram.

Os jovens, com idades entre 16 e 22 anos, haviam embarcado em um cargueiro de bandeira chinesa, no porto de Conacri, na Guiné. Eles estão desnutridos.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária determinou que todos sejam submetidos a exames clínicos, no hospital Oswaldo Cruz. Um deles está internado no Hospital da Restauração, por causa de uma fratura no braço.

Porão

Ao prestarem depoimento à PF (Polícia Federal), os jovens disseram que estavam em busca de melhores oportunidades de emprego. Eles afirmaram ter passado sete dias escondidos no porão do navio, segundo informações da Agência Brasil.

Após o exame de corpo de delito, no IML (Instituto Médico Legal), os africanos foram encaminhados por agentes da PF para um hotel, onde devem permanecer até a conclusão das investigações.

De acordo com o assessor de imprensa da Polícia Federal, Manoel Caetano Cysneiros, o comandante da embarcação, que deve atracar hoje no Porto de Recife, será ouvido e indiciado criminalmente se forem confirmadas as suspeitas de lesão corporal e tentativa de homicídio.

Os jovens serão repatriados de avião, com despesas custeadas pela agência aduaneira responsável pelo navio.