Advogado de jornalista nega existência de fundo de R$ 100 mil

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 28 de maio de 2007 as 21:33, por: cdb

Em entrevista ao Jornal Nacional, da Rede Globo, o advogado da jornalista Monica Veloso, Pedro Calmon Filho, negou que o senador tenha dado um fundo de R$ 100 mil para a educação da filha que teve fora do casamento. Pedro Calmon disse que a jornalista só autorizou a conversa porque o senador Renan Calheiros já tinha dado declarações sobre a vida pessoal dele na tribuna do Senado.

 Renan fez um discurso nesta segunda-feira se defendendo das acusações de que tinha parte das suas contas pagas por um lobista que trabalha para a empreiteira Mendes Júnior. 

O advogado disse ainda que os R$ 100 mil pagos em duas parcelas em dinheiro vivo, foram para compensar a queda no valor da pensão, de R$ 12,5 mil para R$ 3 mil reais, depois do reconehcimento da paternidade da filha que Renan teve com a jornalista.

Calmon Filho afirmou que Gontijo entregava envelopes de dinheiro à jornalista mensalmente, no escritório da empreiteira Mendes Junior.

– Quem fazia era o Cláudio Gontijo e era rigorosamente da forma que foi relatada pela revista veja -, explicou.

Ao contrário do que o senador disse, o advogado negou que sua cliente fosse amiga de Gontijo e que o lobista foi apresentado pelo próprio Renan Calheiros.