Advogado acusado de tráfico tem seu de habeas corpus negado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 23 de maio de 2003 as 01:23, por: cdb

Preso sob suspeita de envolvimento com o tráfico internacional de drogas, o advogado Amaury Perez, teve liminar em habeas-corpus negada no STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Ele foi denunciado pelo Ministério Público Federal, com outras 35 pessoas, entre eles Leonardo Dias Mendonça e Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar.

Todos foram acusados de associação para praticar o tráfico internacional de cocaína e ainda de lavagem de dinheiro e sonegação fiscal. A denúncia foi feita em 28 de janeiro.

– A gigantesca estrutura da organização criminosa permite qualificá-la como a maior que o Brasil já teve notícia, revelando que o aparelho estatal brasileiro ainda engatinha, sendo insuficiente – afirmam os cinco procuradores federais que assinaram a denúncia.

O advogado, Amaury Perez, foi preso em dezembro de 2002 e levado a Superintendência da Polícia Federal, em Goiânia.

A defesa de Perez alegou que ele está sofrendo “constrangimento ilegal” e pediu ao STJ a transferência para outro local. A liminar, no entanto, foi negada.