Acusadores de Pinochet pedirão novo julgamento por entrevista

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 3 de dezembro de 2003 as 21:57, por: cdb

A entrevista dada pelo ex-ditador chileno Augusto Pinochet a uma televisão dos Estados Unidos pode se tornar sua pior dor de cabeça, caso prospere a intenção de seus acusadores de iniciar um novo julgamento.

Os promotores disseram nesta quarta-feira que tentarão demonstrar com a entrevista, divulgada na semana passada, que Pinochet não está “louco nem demente”, como argumentou no ano passado a Corte Suprema para interromper um processo por crimes cometidos durante seu regime, entre 1973 e 1990.

Os advogados ainda não viram a reportagem, mas pediram ao juiz chileno Juan Guzmán que consiga do canal WDLP-22 de Miami o envio de uma cópia em vídeo da entrevista para analisá-la e então decidirem a estratégia.