Acordo de compra eleva ações de frigorífico na Bovespa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 15 de setembro de 2009 as 12:03, por: cdb

O frigorífico Marfrig fechou um “acordo irrevogável” para a compra da Seara por US$ 900 milhões, informou a empresa em fato relevante distribuído nas primeiras horas da manhã desta terça-feira. A movimentação aqueceu os papéis da empresa nas bolsas de valores do país.

“O acordo está avaliado inicialmente em US$ 706,2 milhões em moeda e US$ 193,8 milhões em assunção de endividamento”, afirmou o Marfrig em comunicado. “Os valores acima poderão sofrer ajustes durante o processo de diligência até o fechamento da operação”. O Marfrig espera concluir a transação de compra da Seara, atualmente controlada pela Cargill, no último trimestre deste ano, segundo o frigorífico.

A aquisição envolve, além da marca Seara, sete unidades industriais de aves; três plantas de industrializados e processados de valor adicionado; um terminal portuário privativo em Itajaí (SC); operações de distribuição e comercialização localizados no Reino Unido, Japão e Cingapura; nove fábricas de ração; e seis granjas de matrizes de aves.

“Os negócios no Brasil e no Exterior serão integrados às demais divisões do Grupo Marfrig que operam com produtos com base em aves, suínos e industrializados, com sinergias a serem exploradas com todas as demais divisões da Marfrig Alimentos”, afirma a nota.

O frigorífico informou que realizou reserva de crédito de longo prazo de 1,3 bilhão de reais junto ao Bradesco como garantia da efetivação do negócio e afirmou também que o financiamento da aquisição poderá envolver aumento de capital do Marfrig por meio de oferta primária de ações.

Os papéis da empresa abriram o pregão da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) desta terça-feira com variação positiva de 2,59%, acima do fechamento, na véspera, com alta de 1,34%, enquanto o Ibovespa finalizou a sessão em alta de 0,86%, aos 58.867 pontos.