Ações do CEREST no Dia Mundial de Combate as LER’S/DORT

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 28 de fevereiro de 2012 as 17:02, por: cdb

28/02/2012 – 16:30:00

Desde o ano 2000, que o último dia de fevereiro é considerado o Dia Internacional de Combater as LER’s/DORT – Lesões por Esforços Repetitivos – Distúrbios Ósteo Musculares Relacionados ao Trabalho -. O CEREST – Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador – elaborou uma programação com seus profissionais para promover reflexões sobre este problema de saúde nesta terça-feira, 28.

 

         A LER é uma lesão relacionada com a atividade da pessoa, e em alguns casos pode ser entendida como uma doença ocupacional, e ocorre sempre que houver incompatibilidade entre os requisitos físicos da atividade ou tarefa e a capacidade física do corpo humano.

 

         Ontem a equipe do CEREST esteve realizando palestra e panfletagem na SESAU – Secretaria de Saúde – com digitadores dos diversos departamentos e programas e nesta terça-feira na Prefeitura quando palestrou para os técnicos do CPD – Centro de Processamento e Dados – sobre o tema. Os técnicos foram recebidos no Gabinete pelo Prefeito Dr. Santana que elogiou a iniciativa. “O CEREST está de parabéns por esta iniciativa uma vez que enquanto equipamento responsável pela promoção da saúde do trabalhador vai ao seu encontro alertando sobre problemas aparentemente comuns que podem acometê-los, mas que resultam em graves consequências como a LER/DORT”, afirmou.

 

         A equipe que visitou a Prefeitura era formada pelo coordenador do CEREST, Alex Sampaio; enfermeira, Larissa Fechine; educadora física, Amaísa Amorim e a fisioterapeuta Ane Gleyse Parente.

 

 Fique sabendo:

Sintomas da LER- DORT

 

Geralmente os sintomas são de evolução insidiosa até serem claramente percebidos. Com freqüência, são desencadeados ou agravados após períodos de maior quantidade de trabalho ou jornadas prolongadas e em geral, o trabalhador busca formas de manter o desenvolvimento de seu trabalho, mesmo que à custa de dor. A diminuição da capacidade física passa a ser percebida no trabalho e fora dele, nas atividades cotidianas.

 

As queixas mais comuns do portador de LER – DORT são:

 

Dor localizada, irradiada ou generalizada,Desconforto,Fadiga,Sensação de peso,Formigamento,Dormência,Sensação de diminuição de força,Inchaço,Enrijecimento muscular,Choques nos membros eFalta de firmeza nas mãos.

 

 

Causas da LER – DORT

 

A LER ou DORT são as manifestações de lesões decorrentes da utilização excessiva, imposta ao sistema músculo-esquelético, e da falta de tempo para recuperação. Lesões neuro-ortopédicas como as tendinites, sinovites, compressões de nervos periféricos podem ser identificadas ou não.

 

Os fatores de risco não são necessariamente as causas diretas das LER – DORT, mas podem gerar respostas que produzem as LER – DORT. Os fatores de risco não são independentes, interagem entre si e devem ser sempre analisados de forma integrada. Envolvem aspectos biomecânicos, cognitivos, sensoriais, afetivos e de organização do trabalho.

 

SESAU – Secretaria de Saúde –

Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte