Acesso ao Cristo Redentor é reaberto em domingo de sol no Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 25 de abril de 2010 as 15:25, por: cdb

O acesso ao monumento do Cristo Redentor foi reaberto na manhã deste domingo, às 8h. O Parque Nacional da Tijuca voltou a ser fechado, na véspera, devido às fortes chuvas que atingiram a região. Uma série de deslizamentos manteve o parque fechado por 15 dias. Ao todo, houve a queda de 283 barreiras. Ainda assim, o acesso ao Cristo Redentor fora reaberto no feriado de Tiradentes, em esquema especial, com acesso apenas pela Estrada do Silvestre, em Santa Teresa.

Os pichadores do Cristo Redentor, que aproveitaram o fechamento do Parque para cometer atos de vandalismo, também são suspeitos de pichar o Cemitério São João Batista, em Botafogo, em outubro de 2009. No início da noite deste sábado, o segundo pichador Edmar Batista de Carvalho, de 24 anos, entregou-se à polícia. Ele usou o mesmo argumento do pintor Paulo Souza dos Santos, de 28 anos, que se entregara na quinta-feira, para justificar seus atos.

Para ele, a pichação do monumento foi uma forma de protesto. O pichador declarado, no entanto, negou haver cometido outros atos de vandalismo

Ao se apresentar às autoridades, Carvalho disse ser cozinheiro e estar desempregado. Morador de Vila Cosmos, na Zona Oeste do Rio, ele confessou conhecer Paulo há alguns anos, contrariando a versão apresentada anteriormente pelo cúmplice. Ao assinar o documento, colocou ao lado da rubrica uma estrela semelhante à rabiscada no Cristo Redentor e nas sepulturas do Cemitério São João Batista. Ao sair da delegacia, acompanhado pelo advogado, ele não parou para falar com os jornalistas.