Ação do governo contra sem-terra é terrorismo de Estado para Boff

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 9 de outubro de 2001 as 21:45, por: cdb

O teólogo e professor Leonardo Boff classificou de “terrorismo de Estado” a ação do governo federal para intimidar os trabalhadores rurais na luta pela terra. Boff sugeriu que o Tribunal Popular da Reforma Agrária, que começou nesta segunda-feira em Brasília, utilize essa caracterização para avaliar a postura do presidente FHC nos conflitos do campo.

Para o teólogo, os métodos do governo vão desde a criminalização das ocupações até o uso de pelotões de choque, cães e armas pesadas para fazer cumprir mandados de reintegração de posse de imóveis ocupados. O Tribunal tem natureza de denúncia e julgamento ético – embora não tenha validade jurídica.