Acaba busca por sobreviventes de avião peruano

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 12 de janeiro de 2003 as 14:28, por: cdb

O ministro peruano do interior, Gino Costa, informou neste domingo na cidade de Chachapoyas que terminaram os trabalhos de resgate dos restos das vítimas do avião da Tans, que quinta-feira passada (9) caiu em Coloque, deixando todos as 46 pessoas a bordo mortas -42 passageiros e quatro tripulantes.

Costa informou que em um primeiro momento as autoridades pensaram que os restos do avião estavam em um raio de 400 metros, mas os registros assinalam que se encontram em um raio de 700 metros.

Ele afirmou também que, se não piorar o clima, os familiares poderão sobrevoar em helicópteros a área da tragédia a fim de rezar e se despedir de seus parentes queridos, mas de nenhuma maneira poderão descer à área, por motivos de segurança e acessibilidade.

Caixas pretas
O ministro peruano do transporte, Javier Reátegui, disse que as duas caixas pretas foram encontradas na área da tragédia do avião.

Segundo ele, as investigações das caixas pretas “serão públicas a fim de esclarecer as causas do acidente, porque nas últimas horas surgiu uma série de rumores e versões, a maioria vinda dos moradores das casas próximas à área da tragédia”.