AAA 22 de Setembro de 2011 – 10h32 Assembleia dos Bancários poderá deflagrar greve

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 22 de setembro de 2011 as 10:02, por: cdb

O Sindicato dos Bancários do Ceará realiza nesta quinta-feira (22), às 19h, assembleia geral extraordinária na sede do sindicato para avaliar a proposta apresentada na rodada de negociação realizada na última terça-feira (20), com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). O Comando Nacional dos Bancários considerou a proposta insuficiente e a categoria pode deflagrar greve nacional a partir da próxima terça-feira (27).

O tema da campanha deste ano é “Emprego Decente”. Os bancários defendem um reajuste salarial referente à inflação do período mais ganho real de 5%, melhor participação nos lucros, fim do assédio moral e mais segurança no trabalho. A contra proposta da Fenaban oferece reajuste de apenas 7,8% sobre os salários, índice, que segundo os bancários, representa apenas 0,37% de aumento real. Os banqueiros alegam que, diante de cenário de crise, não podem reajustar os salários pagos para a categoria.

“Este argumento esbarra no que nós vivenciamos. Os números nunca foram tão positivos e mostram: só no primeiro semestre deste ano, os bancos lucraram R$ 43 bilhões”, rebate Gabriel Rochinha, diretor do Sindicato dos Bancários do Ceará. A assembleia de hoje definirá os próximos rumos da campanha nacional dos bancários 2011 no Ceará. “Estamos céticos quando a essas propostas. Provavelmente entraremos em greve, pois esta é a única linguagem que os banqueiros conhecem. Só com muito sacrifício conseguiremos melhorias para a nossa categoria”, reforça Rochinha.

Serviço

Assembleia Extraordinária Geral dos Bancários

Data: quinta-feira (22/09)
Hora: às 18h30 em primeira convocação e às 19h em segunda convocação
Local: Sede do Sindicato dos Bancários do Ceará (Rua 24 de Maio, 1289 – Centro)

De Fortaleza,
Carolina Campos

Leia também:
Bancários, uma categoria de luta