A Top Fernanda Tavares encabeça campanha contra uso de casacos de pele

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 3 de setembro de 2003 as 01:24, por: cdb

A top model brasileira Fernanda Tavares vai encabeçar a campanha contra o uso de casacos feitos à base de pele de animais da organização não-governamental Peta (People for the Ethical Treatment of Animals), que será lançada mundialmente no Masp (Museu de Arte de São Paulo) na capital paulista na quinta-feira.

– O mundo está cada vez mais olhando para o Brasil, e o mercado da moda também. Então decidimos lançar a campanha aqui, pela primeira vez na América do Sul – disse o assessor de imprensa da ONG, Michael Mcgraw, por telefone.

Em seguida, a campanha vai ser levada para Nova York, onde acontece a semana de moda norte-americana. Fernanda fez o trabalho voluntariamente, assim como a estilista Stella McCartney, que forneceu o figurino, e o fotógrafo Todd Oldmam, que clicou as fotos.

Antes de Tavares, atrizes como Kim Bassinger e Pamela Anderson emprestaram seus rostos famosos para divulgar campanhas da organização contra casacos de pele.

No ano passado, outra modelo brasileira foi alvo de atenção da Peta. A top Gisele Bundchen foi duramente criticada porque aceitou fazer propaganda de casacos de pele para a marca norte-americana Blackgama.

Em novembro, enfrentou uma invasão de ativistas em plena passarela com cartazes de protesto que diziam Gisele: Fur Scum (algo como Gisele: escória da pele) enquanto realizava um desfile da marca de lingerie Victoria’s Secret em Nova York.