A peça “João e Maria – Uma história brasileira” está em cartaz no Teatro Abel

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 22 de setembro de 2004 as 20:10, por: cdb

A história de João e Maria todo mundo conhece… Duas pobres crianças, rejeitadas por sua madrasta, se vêem perdidas no meio da floresta, indo cair nas mãos de uma perigosa feiticeira.

Na versão apresentada pela CIA. DE REPERTÓRIO DE TEATRO MUSICAL, este clássico assinado pelos Irmãos Grimm, recontamos com um jeitinho brasileiro; transportada para o sertão nordestino, a história toma ares de cordel e repente, tendo toda a sua trajetória transformada na realidade de nosso país.

Com o ponto de vista feminista, ressaltando a força da mulher nordestina, Maria e João, duas pestinhas, se perdem no meio da Caatinga. Raimunda a madrasta emergente que sonha apenas em ter o seu próprio conforto, trama o sumiço dos dois, enquanto seu marido Zé Honesto, um artesão da terra, vai a cidade arrumar um trocado pra sobrevivência de sua família. Os dois perdidos, cansados e famintos, vão parar no barraco da Velha Mandingueira, uma casinha feita de rapadura, pé-de-moleque, sorvete de açaí, cuscuz e etc. Essa velhinha, a quem eles chamam de “Tia Lindinha”, é uma arretada mandingueira que vive de sarapatel de gente, se alimentando de crianças abandonadas.

Assim contada, a história das crianças alemãs, toma ares de fábula sertaneja, pontuada ao vivo por violeiros e percussionistas, transformando a encenação num espetáculo genuinamente popular.

Uma diversão para crianças e adultos, com garantia de boas gargalhadas!

Vale lembrar que o projeto “JOÃO E MARIA – UMA HISTÓRIA BRASILEIRA” foi aprovado pelo programa do governo federal FOME ZERO, transformando-se em posto recolhedor de alimentos.

“JOÃO E MARIA – UMA HISTÓRIA BRASILEIRA”, com texto, direção e coreografias de MARCELLO CARIDADE (“Uma Professora Muito Maluquinha”, “Os Impagáveis”, “A Volta De Chico Mau”, “Escolinha do Professor Raimundo”, “Zorra Total”), músicas e direção musical de EDUARDO DAMOTTA (também como o Violeiro Cantador), traz em cena os atores PRISCYLLA FABIENNE (Raimunda/Velha Mandingueira), JUNIA KALL (Maria), DANIEL LEUBACK (João) e ONASSIS MACHADO (Zé Honesto).

O Teatro Abel fica na Rua Mário Alves, 02 – Icaraí – Niterói. A peça está em cartaz sábados e domingos às 17 horas.