A hora é essa!

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 7 de novembro de 2012 as 09:23, por: cdb

Privilegiado, tomei café esta tarde com o Azenha (Vi o Mundo) e o Rodrigo (Escrevinhador), e chegamos à conclusão de que desta vez o PIG – Partido da Imprensa Golpista – atravessou a linha divisória entre a crítica jornalistica e a ação golpista escancarada.

O confronto está em campo aberto e, apesar da perspectiva do planalto de que, passada a disputa eleitoral o clima voltará a ficar ameno e seco, concluímos que é um caminho sem volta: Globo, Abril e Folha (os outros não contam, porque são pequenos e não agem tão ostensivamente) não podem mais recuar.

Agora, para eles é o tudo ou nada! Com perda crescente de influência política, vão abusar do poder econômico, da mentira e da dissimulação para falsear a realidade. Não por acaso começa a aumentar na sociedade o volume dos que clamam pelo cumprimento da regulamentação existente e pedem um novo marco regulatório que possa – a exemplo da Argentina – pulverizar a produção de conteúdo e desconcentrar os meios hoje nas mãos de poucos.

Esta tendência tem crescido entre os partidos da base governista. No entanto, as resistências são enormes dentro do próprio Partido dos Trabalhadores. Há uma turma – alguns com poder de decisão – que acha que pode levar a imprensa em banho maria. Discordo. Não haverá trégua. A questão não é mais financeira, é ideológica! O Governo não sairá das cordas até 2014, inclui-se aí o ex-presidente Lula, a atual presidente, Dilma, e todos que direta ou indiretamente tem peso político.

Mas este debate tem que ir a campo. É necessária uma campanha oficial de conscientização pública sobre os direitos e deveres da mídia. É necessário explicar como funcionam os incentivos, as renúncias fiscais e a distribuição do bolo publicitário oficial. As pessoas querem entender melhor e opinar. Nem que seja por meio de um projeto de consulta popular. Precisamos avançar na questão das comunicações urgentemente. A hora é essa!

A hora é essa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 8 de março de 2012 as 16:09, por: cdb

Caio quer participar de grandes conquistas pelo Glorioso (Crédito: AGIF)

Desde o começo da pré-temporada, o treinador Oswaldo de Oliveira indicou que Caio tinha sua confiança e que utilizaria o atacante sem pestanejar caso houvesse necessidade. No entanto, quando os espaços surgiram, o garoto estava machucado ou voltando de lesão. Nesta semana foi diferente. Com o jogador a disposição, o comandante o escalou entre os titulares no coletivo da manhã desta quinta-feira, no campo anexo do Stadium Rio, deixando no ar a tendência de começar o jogo contra o Bangu com o jovem em campo.

“É uma boa oportunidade. É tudo que eu queria, poder mostrar mais. Fico triste por alguns jogadores estarem machucados, mas a hora é essa”, decretou o atacante. “A oportunidade bateu na porta e eu tenho que aproveitar”, anunciou Caio, que está com tudo preparado para desfrutar da chance.

“Estou treinando bem, o Oswaldo vem dando apoio. Chegou a hora de mostrar”, disse.

Outro jogador que vive momentos de expectativa nestes dias que antecedem o jogo com o Bangu é Jobson, que retorna de suspensão. O atacante treinou entre os reservas, mas deve ser opção para o segundo tempo em Moça Bonita. Empolgado com a volta do companheiro, Caio revelou que sonha jogar junto do amigo.

“O Jobson é um grande amigo meu. A gente está sempre conversando. Penso em jogar ao lado dele. É um sonho nosso podermos jogar juntos”, revelou, para depois encher a bola do companheiro. “É um irmão da gente, um grande amigo. Ele tem muita qualidade e sabemos que é uma sombra de respeito”, descreveu.

Uma das peças mais importantes do título carioca de 2010, Caio sonha mais alto para este ano. Ambicioso, o atacante não tira os olhos do Estadual, mas espera poder ajudar o Glorioso a conquistar taças ainda mais importantes nesta temporada.

“Claro que a gente pensa no Carioca, mas quero fazer gols em campeonatos mais importantes, como Copa do Brasil e Brasileiro. Quem sabe a gente possa ajudar o Botafogo a conquistar esses títulos?” indagou Caio.

No treino coletivo da manhã desta quinta-feira, Oswaldo de Oliveira escalou a seguinte equipe: Jefferson, Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Renato, Caio, Herrera e Felipe Menezes; Loco Abreu. Este foi o primeiro esboço  de time para o sábado, quando o Glorioso encara o Bangu, em Moça Bonita, às 16h, pela terceira rodada da Taça Rio.

Rodrigo Paradella