A fome no Estado do Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 12 de maio de 2003 as 21:46, por: cdb

Pesquisa feita pela Fundação Getúlio Vargas apontou as dez cidades que apresentam os maiores índices de indigência no Estado. São elas: São Francisco do Itabapoana, Japeri, Varre-Sai, Silva Jardim, Rio das Flores, Cardoso Moreira, Laje do Muriaé, São José de Ubá, Porciúncula e Trajano de Moraes.

Diante do exposto no “Mapa do Fim da Fome II”, estamos todos convocados para identificar as famílias indigentes, articular possibilidades de geração de renda e conhecer as experiências locais de sucesso no combate à fome.

Participar do desafio de garantir alimentação para essas pessoas, é o que se espera do conjunto das organizações governamentais e não governamentais do nosso Estado.

Caixa abre oportunidades para adolescentes

A Caixa Econômica Federal lançou o Programa Adolescente Aprendiz, que vai gerar oportunidades de trabalho para jovens entre 15 e 16 anos, matriculados na escola e de famílias de baixa renda. O programa será implementado a partir de 1° de julho e os jovens receberão um salário mínimo, mais benefícios, para uma jornada de cinco horas. Mais informações nas agências da Caixa.

Governo Federal incentiva restaurantes populares

O ministro das Cidades, Olívio Dutra, o secretário de Programas de Segurança Alimentar (MESA), Newton Narciso, e o superintendente nacional do SESI, Kenneth Fleming, deram o ponta-pé inicial para a implantação dos restaurantes populares, na semana passada. Além de oferecerem refeições nutritivas e baratas, estes locais também serão centros de informação e geradores de renda para a comunidade.

Consultora elogia o Fome Zero

A consultora da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), Eliana Ferreira está entusiasmada com o Programa Fome Zero. Segundo ela, o Programa é um exemplo a ser copiado. Ressaltou, porém, que sua principal missão é “a priorização para a agricultura familiar capaz de gerar alimentos, renda e assegurar condições dignas devida ao homem do campo”.

Responsabilidade social em exposição

Foi lançada na última terça-feira a “Expo Fome Zero – Brasil Socialmente Responsável”, com o apoio institucional do Ministério de Segurança Alimentar, Instituto Ethos e FIESP. Durante a feira, programada para fev/2004, empresas brasileiras dos mais diversos segmentos mostrarão ao mercado os projetos que desenvolvem em prol da inclusão social.